sexta-feira , 20 julho 2018
Home / Destaque / SINDICATO DOS TRABALHADORES DA ÁREA DE ENFERMAGEM DENUNCIA DESCASO DO GOVERNO E DO INSTITUTO GERIR COM OS PROFISSIONAIS EM PONTA PORÃ

SINDICATO DOS TRABALHADORES DA ÁREA DE ENFERMAGEM DENUNCIA DESCASO DO GOVERNO E DO INSTITUTO GERIR COM OS PROFISSIONAIS EM PONTA PORÃ

O Hospital Regional atende cerca de 195,5 mil pessoas da região. Além de Ponta Porã, o hospital recebe pacientes de Amambaí, Antônio João, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Paranhos, Sete Quedas e Tacuru.

Cerca de 100 profissionais da enfermagem do Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, de Ponta Porã(MS), cruzaram os braços na segunda-feira (18), o motivo atraso salarial. A empresa terceirizada responsável pela gerência do Hospital, Instituto Gerir, segundo o sindicato, não tem previsão para o pagamento da folha do mês de maio e alega suposta falta de repasse do governo do Estado do Mato Grosso do Sul.

O SIEMS (Sindicato dos Trabalhadores na Área de Enfermagem de Mato Grosso do Sul) destaca que os profissionais têm o direito de receber as remunerações em dia. “Para a categoria, não há possibilidades de esperar, por meio do salário cada trabalhador provê a sua sobrevivência e de sua família. Nossa Convenção Coletiva prevê o pagamento até o 5º dia útil de cada mês. Com o atraso, já temos conhecimento de caso de profissional enfrentando dificuldades até para garantir a alimentação”, destaca o presidente do SIEMS, Lázaro Santana

O sindicato denuncia o descaso. “A administração não dá previsões e nem garante o pagamento. Já o governo do Estado, segundo nos foi informado pelo Hospital, descumpre o contrato com o Instituto Gerir ao não efetuar o repasse financeiro que ultrapassa 1 milhão de reais. No final das contas, o que tem sobrado para o trabalhador é o descaso”, critica Lázaro Santana.

Comentário

Comentário

Veja Também

PREFEITURA DE PONTA PORÃ ABRIRA LICITAÇÃO PARA REFORMA DO CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES

A Prefeitura de Ponta Porã abrirá licitação para reforma geral do CCZ (Centro de Controle ...