segunda-feira , 20 agosto 2018
Home / Polícia / CORPO DE BOMBEIRO ATENDE OCORRÊNCIAS E ORIENTA POPULAÇÃO COMO ATUAR NO AUXILIO A VITIMAS

CORPO DE BOMBEIRO ATENDE OCORRÊNCIAS E ORIENTA POPULAÇÃO COMO ATUAR NO AUXILIO A VITIMAS

O 4º Grupamento de Bombeiros Militar de Ponta Porã registrou um total de 17(dezessete) ocorrências no plantão do dia 23 para o dia 24 de maio.  Foram registrados 03 atendimentos à vítimas de mal súbitos, sendo duas crises convulsivas, uma senhora na Av. Brasil e um rapaz na Vila Maísa, já no Bairro Salgado Filho  um senhor de 53 anos com dores abdominais .

Foram atendidos também uma gestante no nono mês de gestação, com sinais pré parto no Bairro Jardim dos Estados e o único acidente no plantão de 24 horas no Bairro São Vicente de Paulo, um abalroamento entre um ônibus e uma moto, onde na abordagem o motociclista ao solo, consciente e orientado, se queixava de dor na região lombar e apresentava possível fratura nos arcos costais. Atendido e removido ao Hospital Regional.

O que fazer nos casos de convulsão:

•Mantenha-se calmo e acalme as pessoas ao seu redor;

•Evite que a pessoa caia bruscamente ao chão;

•Acomode o indivíduo em local sem objetos dos quais ela pode se debater e se machucar;

•Utilize material macio para acomodar a cabeça do indivíduo, como por exemplo; um travesseiro, casaco dobrado ou outro material disponível que seja macio;

•Posicione o indivíduo de lado de forma que o excesso de saliva ou vômito (pode ocorrer em alguns casos) escorram para fora da boca;

•Afrouxe um pouco as roupas para que a pessoa respire melhor;

•Permaneça ao lado da vítima até que ela recupere a consciência;

•Ao término da convulsão a pessoa poderá se sentir cansada e confusa, explique o que ocorreu e ofereça auxílio para chamar um familiar.Observe a duração da crise convulsiva, caso seja superior a 5 minutos sem sinais de melhora, peça ajuda médica.

 

O que não deve ser feito durante a crise convulsiva:

• Não impeça os movimentos da vítima, apenas se certifique de que nada ao seu redor irá machucá-la;

•Nunca coloque a mão dentro da boca da vítima, as contrações musculares durante a crise convulsiva são muito fortes e inconscientemente a pessoa poderá mordê-lo;

•Não jogue água no rosto da vítima.

 

Emergências, Acidentes e Incêndios, ligue 193, Corpo de Bombeiros Militar.

Comentário

Comentário

Veja Também

JOVEM E EXECUTADO A TIRO APÓS SAIR DE FESTA EM CIDADE DO INTERIOR DO MS POR PISTOLEIROS

Jovem e morto com um disparo de arma de fogo na altura da cabeça em ...