segunda-feira , 12 novembro 2018
Home / Destaque / PROFESSORES PROTESTAM CANTANDO HINO NACIONAL BRASILEIRO EM PONTA PORÃ

PROFESSORES PROTESTAM CANTANDO HINO NACIONAL BRASILEIRO EM PONTA PORÃ

Professores realizam protestos em frente à prefeitura de Ponta Porã cantando o Hino Nacional brasileiro e com gritos de ordem de “Senhor prefeito isso e Lei e direito da escola e seu prefeito professor e povo, olha seu prefeito eu vou votar de novo” realizam abraço simbólico a prefeitura.

O Prefeito Hélio Peluffo Filho (PSDB) ao ter maioria em sua base de aliados na Câmara Municipal, solicitou o aumento de 3% linear, contrariando o piso de 6,81 solicitado pelos professores e estipulado na Lei municipal e federal pela que os professores se manifestaram pela paralisação na manha de sexta feira (11), situação esta que o atual alcaide do município não acreditava que iria se concretizar pois chegou a manifestar nos meios de comunicação dos “amigos” que a eventualidade de uma paralisação de professores representa uma precipitação dos dirigentes do Sindicato que optam por encerrar o diálogo e partir para uma tentativa de confronto que acaba prejudicando a qualidade do ensino municipal. “O canal de conversação está aberto e até agora em nenhum momento esteve ou foi fechado pelo Executivo”, disse o prefeito Hélio Peluffo Filho, sem que o mesmo tenha se reunido de forma direta com os representantes do SIMTED que eram atendidos por secretários da administração municipal evidenciando que os representantes do SIMTED não eram dignos de discutir de forma direta com o atual alcaide do município as reivindicações da classe.

Hélio Peluffo Filho, chegou a lamentar a intenção de greve tomada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação. “É uma paralisação extemporâneo por motivos alheios ao diálogo que estamos mantendo e sempre manteremos com todo funcionalismo”, disse Hélio Peluffo, cujos colaboradores teriam chegado a ameaçar alguns professores a fim de que abandonem a luta pelos seus direitos os professores chegaram a denunciar de forma anônima com medo de represálias, mas o presidente do SIMTED manifestou seu apoio aos mesmos e instou a que os casos sejam denunciados ante o sindicato.

Durante a manifestação na manha de sexta feira, o presidente do SIMTED manifestou, “Pra quem disse que não haveria greve, estamos mostrando que não somos nos os mentirosos, continuamos desejosos em conversar com o prefeito” deixando assim claro que a presença do alcaide Helio Peluffo Filho e importante nas reuniões a fim de discutir as reivindicações da classe, a situação ainda traz o passado ao presente ao manifestar “não somos nos os mentirosos” lembrando que durante a campanha eleitoral a palavra “tucano mentiroso” era utilizada ate pelos aliados do então candidato a prefeito.

Foto Markon Machado

Comentário

Comentário

Veja Também

MATERNIDADE DO HR DE PONTA PORÃ OFERECE A COLOCAÇÃO DE DIU APÓS O PARTO

A Maternidade do Hospital Regional Dr. José de Simone Netto está ofertando o Dispositivo Intrauterino ...