segunda-feira , 15 outubro 2018
Home / Destaque / PRESIDENTE DA ACEPP DIVULGA AÇÕES QUE VISAM BENEFICIAR PONTA PORÃ

PRESIDENTE DA ACEPP DIVULGA AÇÕES QUE VISAM BENEFICIAR PONTA PORÃ

A ACEPP (Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã) organizando uma manifestação simbólica, marcada para as 9 horas do próximo dia 6, quando o comércio de Ponta Porã vai fechar por meia hora, a fim de chamar a atenção das autoridades governamentais para a necessidade urgente de reativar os voos comerciais que liguem Ponta Porã ao resto do mundo. O projeto, que já faz parte do plano de ampliação da Azul Linha Aéreas, continua naquele tradicional “empurra-empurra” e, literalmente, não decola. O presidente Eduardo Gaúna disse que, num dos encontros que teve com o governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), ainda em 2014, ouviu de um dos assessores do gabinete que “jamais vocês conseguirão qualquer benefício para Ponta Porã sem representatividade política”.

Todos sabem que, enquanto Dourados tem quatro deputados estaduais e dois federais, Ponta Porã não tem um sequer. Por isso, Gaúna reiterou que Ponta Porã precisa eleger pelo menos um representante para cada dessas casas parlamentares. Do contrário, “permaneceremos no anonimato”.

LOJAS FRANCAS

Eduardo Gaúna também anunciou que no próximo dia 18, a partir das 19 horas, no auditório da ACEPP, estarão presentes o deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) e o ex-juiz federal Odilon de Oliveira, para fazer uma explanação sobre detalhes do processo de implantação das lojas francas* em Ponta Porã. O projeto continua em fase de regulamentação pela Receita Federal, mas está na iminência de ser concluído e virar realidade.

Na mesma data e horário, outro convidado da ACEPP é o delegado da Alfândega da Receita Federal do Brasil em Mundo Novo, Clóvis Ribeiro Cintra Neto, que vai explicar como é e como funciona uma Zona Franca**.

HOMENAGENS

Já a terceira e imediata iniciativa da Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã anunciada pelo presidente da agremiação, é a realização de um jantar comemorativo ao aniversário de emancipação político-administrativa de Ponta Porã (18 de julho – 106 anos). O evento está programado para a véspera do feriado municipal, terça-feira (17) e homenageará autoridades, empresários e personalidades da fronteira.

A ACEPP deve se tornar referencia no apoio a população de Ponta Porã, onde devera encampar também a luta pela conclusão imediata do anel viário, para retirar do centro da cidade o pesado tráfego de caminhões. A imprensa chegou a divulgar que o governador Reinaldo Azambuja, em sua recente visita a Ponta Porã, disse que as obras estão paradas por culpa da prefeitura, que ainda não enviou a documentação necessária para os fins de direito. Entretanto, há fortes rumores de que o motivo real é uma bem planejada exploração imobiliária das terras que margeiam o trajeto do rodoanel.

Fonte Assessoria de imprensa da ACEPP

Comentário

Comentário

Veja Também

PISTOLEIROS EXECUTAM HOMEM A TIROS NO PORTÃO DE SUA RESIDÊNCIA NO JARDIM AEROPORTO EM PONTA PORÃ

Investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil investiga ataque de pistoleiros em ...