segunda-feira , 20 agosto 2018
Home / Destaque / INCOMPETÊNCIA LEVA GOVERNADOR A CULPAR PREFEITO PELA FALTA DE CUMPRIMENTO DE SUAS PROMESSAS EM PONTA PORÃ

INCOMPETÊNCIA LEVA GOVERNADOR A CULPAR PREFEITO PELA FALTA DE CUMPRIMENTO DE SUAS PROMESSAS EM PONTA PORÃ

Ante a falta de cumprimento de promessas de campanha de 2014 com a população de Ponta Porã em seus três anos e meio de governo, Reinaldo Azambuja (PSDB) como desculpa da incompetência, responsabilizou a prefeitura de Ponta Porã e o prefeito Hélio Peluffo Filho (PSDB) como culpados pelo atraso da obra, nas palavras do Governador, a obra do minianel viário não foi viabilizada até o momento devido ao fato do atraso da prefeitura em entregar o projeto ao governo do Estado, a situação evidenciou que falta pessoal capacitado na administração municipal, razão pela que as ruas da cidade administrada pelo PSDB se encontram em situação caótica nos bairros da cidade, onde a população estudantil tem se manifestado contra a falta de compromisso de Reinaldo Azambuja com a educação, ja que o atual governador do Mato Grosso do Sul não estaria conseguindo construir uns metros de muro, mas sonharia com a construção de um anel viário na região.

Segundo o governador manifestou ao jornalista Markon Machado, “Nós temos uma participação com Ponta Porã, primeiro (era necessária) a decisão do local do traçado, isso não diz respeito ao governo, diz respeito a Prefeitura. A prefeitura já identificou o traçado…o compromisso desde o início, foi que a prefeitura de Ponta Porã entregaria um projeto pronto pro governo do Estado, então assim que a prefeitura entregar o projeto do executivo, o traçado do anel definido, nós vamos licitar a obra e iniciar imediatamente. Como o traçado já foi definido, estamos aguardando a entrega desse projeto executivo pela prefeitura, nós temos isso no planejamento e recursos disponíveis para iniciar e tocar essa obra até a conclusão, fazendo a alça do anel de Ponta Porã” manifestou Azambuja.

O governador tem repetido por onde passa as suas promessas e que as mesmas serão cumpridas supostamente, olvidando se das proximidades das eleições.

Comentário

Comentário

Veja Também

PREFEITURA DE PONTA PORÃ, PROCON E ACEPP LANÇAM CAMPANHA SAIA DO SUFOCO

A Prefeitura de Ponta Porã, por intermédio do Procon de 30 e 31 de agosto ...