sábado , 21 julho 2018
Home / Destaque / AÇÃO DE DELINQUENTES DEIXA DOIS FERIDOS A TIROS NA REGIÃO DE FRONTEIRA

AÇÃO DE DELINQUENTES DEIXA DOIS FERIDOS A TIROS NA REGIÃO DE FRONTEIRA

Violência marca final de semana da fronteira com o estado do Mato Grosso do Sul com duas vitimas feridas a tiros.

O primeiro caso foi registrado por volta das 20:00hs, quando pistoleiros chegaram a bordo de um veiculo da marca VW-Voyage em um lava jato denominado “Auto+” situada na rua Cerro Leon esquina com primeiro de dezembro no bairro São Gerardo na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, onde a vitima foi identificado como, Osmar Diosnel Cardozo (26) vulgo “Chuito” foi atacado, segundo informações com mais de 30 disparos de fuzil e pistola 9mm, quando se encontrava no interior de uma camionete Toyota Hilux, cor prata, placas BZU 570 Paraguai, o mesmo foi socorrido por populares a uma clinica particular da cidade, onde após receber atendimento medico se encontra em observação.

Agentes da Divisão de Homicídios e da Policia Técnica da Policia Nacional do Paraguai em Pedro Juan Caballero, realizaram os procedimentos de rigor e recolheram 13 capsulas do calibre 7.62 e três do calibre 9mm, o caso e investigado pelos investigadores da Direção de Investigação de Casos Puníveis da Policia Nacional.

Já o segundo caso ocorreu por volta das 01:00hs da madrugada de domingo (15) quando a adolescente N.M.F.L. (17) se encontrava na frente da residência de uma amiga situada na rua Alberdi do bairro Bernardino Caballero, onde chegaram dois indivíduos e com arma em mãos anunciaram um assalto e pedindo que a vitima entregue o aparelho celular, esta entregou o aparelho, mas acabou atingida por dois disparos de arma de fogo pela que foi socorrida ao Hospital Regional de Pedro Juan Caballero na fronteira com Ponta Porã, onde após passar por atendimento medico se encontra em situação estável, mas segundo familiares, fora de perigo de morte, os mesmos criticaram a falta de eficiência dos agentes da Policia Nacional do Paraguai em Pedro Juan Caballero, onde a onda de assaltos, roubos e furtos ocorrem a qualquer hora do dia ou da noite sem que as autoridades consigam frear a ação dos delinquentes.

Comentário

Comentário

Veja Também

INAUGURAÇÕES DE OBRAS SOCIAIS E VISITAS A BAIRROS E DISTRITOS MARCAM ANIVERSÁRIO DE PONTA PORÃ

O prefeito Hélio Peluffo Filho (PSDB), ao lado de secretários municipais e vereadores cumpre agenda ...