quarta-feira , 23 maio 2018
Home / Destaque / PREFEITO DE PONTA PORÃ E ACUSADO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

PREFEITO DE PONTA PORÃ E ACUSADO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

A juíza Tatiana Decarli, da 3ª Vara Cível, determinou o bloqueio de bens em R$ 3.166.214 do prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo Filho (PSDB), de uma empresa e outros seis acusados de improbidade administrativa em licitações para obras de drenagem pluvial e asfáltica no Jardim Marambaia.

 Segundo a denúncia do Ministério Público do Estado (MP-MS), foi constatado o direcionamento de vários procedimentos licitatórios do município, entre 2008 a 2010, em que apenas duas empresas eram vencedoras.

O período investigado corresponde ao tempo em que Peluffo era titular da Secretaria de Obras do município.

Na decisão, a magistrada afirma que há indícios de irregularidades na execução das obras, ao fazer exigências indevidas que restringiram a participação de outras empresas, ausência de publicidade ao certame e da correta pesquisa de preços, indicando possível direcionamento para a empresa requerida bem como possíveis prejuízos ao erário.

A assessoria de imprensa da prefeitura informou que não vai se manifestar porque ainda não foi notificada.

Comentário

Comentário

Veja Também

PARAGUAIOS SÃO PRESOS TRANSPORTANDO CARNE IRREGULAR EM TERRITORIO BRASILEIRO

Ação da Policia Militar culmina na apreensão de carne irregular transportada em veiculo de procedência ...