terça-feira , 21 novembro 2017
Home / Destaque / O DÉFICIT NO EFETIVO POLICIAL É DE QUASE 42% E GOVERNADOR ANUNCIA QUE DIVULGARA ABERTURA DE CONCURSO PARA 500 NO MS

O DÉFICIT NO EFETIVO POLICIAL É DE QUASE 42% E GOVERNADOR ANUNCIA QUE DIVULGARA ABERTURA DE CONCURSO PARA 500 NO MS

Governador do Mato Grosso do Sul faz festa ao anunciar que divulgara abertura de concurso publico com 500 vagas para a Policia Militar.

Segundo o Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) Polícia Militar do Estado do Mato Grosso do Sul vai divulgar a abertura de concurso público “muito em breve”. De acordo com Reinaldo Azambuja, já existe um cronograma de concursos para a área de segurança pública do Estado. A intenção é divulgar o edital do certame ainda este ano para “pelo menos 500 vagas” sendo que o estado necessita um numero bem maior de policiais tendo em vista os que se aposentaram.

Como sempre vivendo de promessas o governador manifestou “Temos agora um cronograma de concursos para que a gente possa, todos os anos, ter um ingresso de novos policiais militares e bombeiros militares. Então tem um planejamento da Sejusp que deve possibilitar a gente realizar concursos aos policiais militares para todos os anos, para a gente manter o equilíbrio entre entrada e saída”, disse Reinaldo.

O governo tem objetivo supostamente já de nomear os aprovados no ano que vem. “Vamos autorizar concurso ainda este ano para começar a ter posse em 2018”, disse Reinaldo durante a cerimônia em comemoração aos 182 anos da corporação em Mato Grosso do Sul.

De acordo com o coordenador da Secretaria de Estado da Administração (SAD), Paulo Vitor dos Santos Oliveira, todos os esforços estão sendo feito para que o edital seja “divulgado”. “Todo o pessoal está se movimentando para agilizar o concurso. Ainda dependemos da publicação da autorização do governador, no Diário Oficial. Uma data certa só poderá ser divulgada, após todo um ajuste por parte da Corporação da Polícia Militar do Estado do MS, que definirá ainda, o número de vagas disponíveis”, disse jogando a batata quente ao comando geral da Policia Militar.

O déficit no efetivo policial é de quase 42%, se levado em conta a lei complementar 203, de 5 de outubro de 2015. A legislação prevê efetivo de 9.458 integrantes neste ano, mas a corporação conta com cerca de 5.900 policiais. O déficit já motivou abertura de inquérito do Ministério Público do Estado.

Comentário

Comentário

Veja Também

GCMFRON RECUPERA MOTOCICLETA NA FRONTEIRA COM O PARAGUAI

Agentes da Guarda Civil Municipal de Fronteira recuperam motocicleta possivelmente furtada na região de fronteira ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *