segunda-feira , 21 maio 2018
Home / Destaque / PREFEITA DESVIA DINHEIRO DA MERENDA ESCOLAR E PAGA PISTOLEIRO PARA MATAR JORNALISTA

PREFEITA DESVIA DINHEIRO DA MERENDA ESCOLAR E PAGA PISTOLEIRO PARA MATAR JORNALISTA

As investigações sobre a morte do jornalista Maurício Campos Rosa, ocorrida em agosto do ano passado, indicam que a prefeita Roseli Ferreira Pimentel, de Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG), teria desviado R$ 20 mil dos cofres públicos para pagar o assassino. Rosa era dono do jornal “O Grito” e foi morto quando saía da casa de um amigo, à noite.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a polícia divulgou nesta segunda-feira (11) que a prefeita fez uma manobra contábil para desviar o dinheiro da Secretaria da Educação e pagar o autor do homicídio.

Ela retirou o dinheiro da pasta com notas de compras de mamão da Secretaria da Educação (SEC). Detida preventivamente desde a última quinta (7) pela suspeita de participação na morte do jornalista, após um parecer favorável da Procuradoria de Justiça do Estado (que é responsável por investigar pessoas com foro privilegiado), Roseli também foi indiciada pelo crime de peculato devido ao uso de dinheiro público e desaparecimento dos pertences que estavam com o jornalista. Além da prefeita, também foram presos David Santos Lima, o ‘Nego’; Alessandro de Oliveira Souza, o ‘Leleca’; e Gustavo Sérgio Soares Silva, o ‘Gustavim’. Os três são suspeitos de participar da morte do jornalista.
Fonte http://cleubercarlos.blogspot.com.br

Comentário

Comentário

Veja Também

PROTESTO DE CAMINHONEIRO FECHA RODOVIAS FEDERAIS NO MS

Caminhoneiros fecham estradas federais no Mato Grosso do Sul, em protesto, foi confirmada pela PRF (Polícia ...

Deixe uma resposta