domingo , 25 junho 2017
Home / Destaque / POLICIA CIVIL PRENDE INDIVIDUO EM FLAGRANTE POR TENTATIVA DE ESTUPRO DE VULNERAVEL EM PONTA PORÃ

POLICIA CIVIL PRENDE INDIVIDUO EM FLAGRANTE POR TENTATIVA DE ESTUPRO DE VULNERAVEL EM PONTA PORÃ

Homem e detido por familiares de adolescente e entregue a Policia Civil onde foi indiciado em flagrante por tentativa de estupro de vulnerável em Ponta Porã.

O mesmo foi identificado como, Danilo Ruiz Farias (24) detido por familiares e vizinhos da vitima de 12 anos, que posteriormente entregaram o autor aos agentes do SIG (Setor de Investigação Geral) coordenada pelo delegado Rodolfo Daltro, da Policia Civil de Ponta Porã, que autuou o mesmo por tentativa de estupro de vulnerável.

Segundo informações, a vítima conheceu Danilo por meio do Messenger de rede social. Na última segunda-feira Danilo teria buscado a vítima na escola, por volta das 07:00hs, e teria levado a mesma para a casa da irmã dele, onde a fez ingerir vodka e posteriormente teria praticado diversos atos libidinosos com a adolescente de 12 anos. Após abusar da menor ele a levou de volta para a escola. O tio da menina, ao buscar a adolescente, percebeu que ela estava bêbada e possivelmente sob o efeito de drogas, pela que a menor necessitou de cuidados médicos dado a quantidade de álcool por ela ingerida. Na terça feira Danilo continuou a contatar a vítima por meio do aplicativo Messenger, mas a família já havia descoberto e passou a monitorar o celular da vítima com o apoio dos agentes do SIG que manifestaram que Danilo mantinha amizade com varias adolescentes em sua rede social, que será investigada a possível existência de outras vitimas.

Já na manha de sexta feira (16) por volta das 08:40hs, Danilo enviou uma mensagem para a vítima. Quando a mãe da vítima Pediu que ela conversasse com Danilo. Após marcarem um encontro o SIG foi alertado e Danilo acabou preso em flagrante na praça do bairro Ipê II e autuado por tentativa de estupro de vulnerável.

Segundo informações, nas mensagens encontradas no celular de Danilo a adolescente, o mesmo evidencia de que se encontrasse novamente com a adolescente a mesma seria abusada sexualmente.

Nas conversas mantidas com a adolescente de 12 anos, após o primeiro encontro, ele teria chegado a enviar fotos das roupas intimas da vitima. Essas fotos, segundo informações, foram realizadas no momento em que ela ficou desacordada em razão do alto consumo de vodka.

Danilo, já tinha sido preso durante uma investigação que tentava desvendar a execução no bairro Coopha Fronteira do taxista Sebastião Santos de Almeida no ano de 2013, mas foi solto uns meses após colaborar com a policia para a prisão dos três envolvidos no bárbaro homicídio que chocou a sociedade pontaporanense e a classe de trabalhadores em taxi na região de fronteira.

Após ser autuado em flagrante, Danilo pediu para registrar um Boletim de ocorrência contra os familiares da adolescente de 12 anos, por lesão corporal.

Comentário

Comentário

Veja Também

ESTUDANTES DA ESCOLA ESTADUAL LIONS CLUBE SE DESTACAM NO EVENTO ROBO ÁRA EM PONTA PORÃ

Estudantes da Escola Estadual Lions Clube de Ponta Porã participaram do III Robô Ára organizado ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *